Biblioteca


        
 
Título
Categoria Tipo de publicação
Descrição Autores


Gestão Estratégica do NGI ICMBio Maués: planejamento das ações para o ano de 2019 - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna para o desenvolvimento da gestão estratégica no Núcleo de Gestão Estratégica - NGI ICMBio Maués, contribuindo para o planejamento e criação de valor do NGI para as comunidades beneficiárias e a sociedade. O trabalho foi realizado no período compreendido entre setembro e novembro de 2018 através de reuniões de equipe, tendo resultado na construção do Mapa Estratégico, dos Indicadores, das Metas e dos Planos de Ação do NGI para 2019. As reuniões contaram com a participação de toda a equipe e harmonizaram demandas emergentes com os interesses de gestão. O trabalho gerou na equipe estímulo e comprometimento com os resultados esperados para 2019.

Palavras chaves: Gestão Estratégica; Planejamento Estratégico; Mapa Estratégico; BSC – Balanced Scorecard; Planos de Ação.

Ano de Publicação: 2018

ALINHAMENTO DE DIFERENTES PLANEJAMENTOS, MONITORAMENTO DE RESULTADOS E DEFINIÇÃO DE INDICADORES PARA FLORESTA NACIONAL DE IPANEMA - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna para o alinhamento de diferentes ferramentas de planejamento da Floresta Nacional de Ipanema - FNI considerando o ciclo de planejamento/execução 2018-2019 ao mesmo tempo que busca priorizar e detalhar alguns indicadores de esforço e resultado para monitorar execução das atividades planejadas. Os principais produtos são a organização do conjunto de planejamentos e definição das atividades da equipe para o exercício 2018-2019, a inserção das atividades no aplicativo Planner para monitoramento e a identificação de indicadores prioritários. O trabalho contribuiu para o melhor alcance de resultados pela FNI e no desenvolvimento da equipe.

Palavras chaves: Floresta Nacional de Ipanema; Planejamento, Monitoramento; Planner; Indicador

Ano de Publicação: 2018

INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO – IAGE Implementação de uma metodologia de excelência na gestão da COCAM por meio da utilização do IAGE - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática, realizada na Coordenação de Compensação Ambiental – COCAM, que introduziu à equipe de servidores uma conscientização da importância de uma avaliação da situação organizacional da Coordenação. Isso porque, diante da conjuntura atual, onde as exigências por entrega de melhores resultados no Serviço Público aumentam com o passar dos dias e as alterações legais que foram implementadas ao instituto da compensação ambiental, faz-se necessário que os envolvidos na gestão da temática, no âmbito do ICMBio, busquem ferramentas que auxiliem a avaliar suas atuações e a mensurar a qualidade de produtos/serviços entregues às partes interessadas. Assim, o presente trabalho tem a premissa de evidenciar o IAGE como um facilitador para COCAM entregar os resultados esperados por meio de uma metodologia de excelência na gestão. Para desenvolver o trabalho, foram feitas reuniões com a equipe da Coordenação e seus Gestores, além de embasamento teórico por meio de pesquisa bibliográfica sobre o tema. Por fim, conclui-se que COCAM, ao realizar uma Gestão para Resultados com foco na excelência, utilizando o IAGE, pode acompanhar e mensurar os resultados entregues por meio de critérios claros e objetivos. Além disso, como um resultado inesperado da aplicação deste trabalho, constatou-se que ao realizar a avaliação por meio do IAGE, com a participação efetiva da equipe, pode haver uma colaboração para o engajamento da equipe em relação aos compromissos da COCAM.

Palavras chaves: Avaliação. Gestão. Resultados. Ferramenta.

Ano de Publicação: 2018

10 anos de Relatórios de Gestão: Análise e novos parâmetros para o planejamento estratégico - ESEC Tamoios - TCC do curso PGR5

RESUMO

Relatório de gestão é uma importante ferramenta para o acompanhamento dos resultados de planejamento de uma organização. Ao longo de 10 anos a Estação Ecológica de Tamoios, unidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, consolidou relatórios anuais basaedos nos programas do Plano de Manejo, instrumento de planejamento e gestão de unidades de conservação. Neste trabalho, realizamos análise detalhada dos relatórios anuais com o objetivo de aperfeiçoá-lo quanto aos parâmetros de avaliação de resultados. De forma geral, observamos que há uma lista de demandas que, em muitos casos, não estão associadas a um plano estratégico, gerando demora no atendimento das recomendações (1 a 6 anos). Por outro lado, ressalta-se a importância dos relatórios na sistematização dos resultados das atividades da equipe da unidade. Propõe-se a consolidação do Mapa Estratégico da unidade e a partir dele, o encadeamento dos relatórios de gestão anuais com base em um planejamento estratégico focado em resultados mensuráveis, transparentes e com possibilidades de avaliação contínua da efetividade da implantação das propostas de recomendações apresentadas.

Palavras chaves: Gestão de Unidades de Conservação, Planejamento Estratégico, Relatórios de Gestão, mapa estratégico

Ano de Publicação: 2018

Gestão da Mudança e Aprimoramento da Cultura Institucional no Parque Nacional da Serra da Capivara - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática para o desenvolvimento da primeira etapa da implementação do planejamento estratégico no Parque Nacional da Serra da Capivara (PNSC). Foram conduzidas duas reuniões de equipe e duas oficinas participativas para a definição das diretrizes organizacionais (missão, visão de futuro e valores) e mapa estratégico do PARNA da Serra da Capivara (2018-2022). Foram estabelecidos 18 (dezoito) objetivos estratégicos, distribuídos em quatro perspectivas (Sociedade e Ambiente, Beneficiários, Processos, Aprendizado e Crescimento). Esta etapa inicial do planejamento, orientado pelo modelo metodológico do Balanced Scorecard (BSC), contribuiu para o amadurecimento organizacional e o aprimoramento da cultura institucional no PNSC. Além disso, orientará os futuros desdobramentos de estabelecimento de metas, indicadores e planejamentos específicos com a equipe conforme a metodologia BSC, e o modelo de Gestão por Resultados.

Palavras chaves: Planejamento Estratégico; Diretrizes Organizacionais; Mapa Estratégico; Balanced Scorecard (BSC); Parque Nacional da Serra da Capivara.

Ano de Publicação: 2018

Modelagem do processo de Autorização Direta na Reserva Extrativista de Canavieiras - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna para o desenvolvimento de um modelo de modelagem do processo de Autorização Direta, na Resex de Canavieiras. Foi feita análise dos processos de Autorização Direta na Resex de Canavieiras do período de 2010 2018, procurando-se caracterizar o mesmo quanto a: Comunidade, tipo de intervenção solicitada, se foi autorizado ou não e o tempo de resposta. Dando sequência, processos escolhidos de forma aleatória foram analisados para se desenhar o fluxo dos mesmos (AS-IS). Em oficinas com membros da Câmara Temática de Autorização Direta do Conselho Deliberativo da Resex de Canavieiras, foram elencados critérios e desenhado fluxo (TO-BE) dos processos. Na análise total dos processos (n= 119) obsevou-se que as comunidades que mais requisitam autorização são Atalaia, Barra Velha, Campinhos e Puxim da Praia. As principais intervenções solicitadas são reforma (com ou sem aumento de área) e construção de casas. 81,7 % dos pedidos foram autorizados. As negativas ocorreram principalmente pelo fato de o solicitante não ser beneficiário e/ou a construção estar em desacordo com objetivos da Unidade. Quanto ao prazo de resposta, o estudo demonstrou que em média em 125,4 dias com diferença entre os anos. Diferentes fluxos de processos foram utilizados na análise dos pedidos, não sendo possível dessenhar um padrão. Isso demonstrou a não existência de um modelo definindo o fluxo. Além disso, outras caracteríticas dos processos foram: poucos critérios e os mesmos aplicados tardiamente na análise; não automação, necessitando que o chefe dê os “starts” das atividades. Após a análise, procurou-se modelar um processo que atendesse a: (i) ser um fluxo simples e rápido; (ii) ser automatizado, sem necessidade de “start” da chefia; (iii) ter critérios definidos e os mesmos serem aplicados em fases iniciais do processo; (iv) Intervenções simples deverão ter “autorização automática”; (v) Respeito ao Contrato de Concessão de Direito Real de Uso; (vi) atender a IN ICMBio nº 04/2009. Espera-se que este trabalho leve a agilidade dos processos, diminuindo a carga administrativa na gestão da Unidade e dando respostas em tempos hábeis aos cidadãos.

Palavras chaves: modelagem de processo, unidade de conservação, efetividade de gestão


Ano de Publicação: 2018

Mapeamento do processo ‘Execução dos Eventos do Plano Anual de Capacitação’ do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - TCC do curso PGR5

RESUMO

FREITAS, Isis F. Mapeamento do processo ‘Execução dos Eventos do Plano Anual de Capacitação’ do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Iperó: Centro de Formação em Conservação da Biodiversidade – ACADEBio/ICMBio, 2018. 27p. Trabalho Aplicativo Final do Ciclo de Gestão para Resultados.

Este Trabalho Aplicativo Final (TAF) apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna realizada no Serviço de Gestão da Educação e do Conhecimento (SEGEDU), a qual realizou o mapeamento do processo ‘Execução dos eventos do Plano Anual de Capacitação (PAC)’ do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). O mapeamento desse processo contribuiu para melhorar a compreensão das equipes e instâncias envolvidas na execução dos eventos de capacitação da educação corporativa do ICMBio realizados pelas diferentes áreas técnicas do ICMBio. No SEGEDU está a equipe do Centro de Formação em Conservação da Biodiversidade (ACADEBio) responsável pelo apoio pedagógico e pelo acompanhamento dos eventos de capacitação promovidos pela Educação Corporativa do ICMBio, em parceria com as diferentes áreas técnicas, a cada ano – o Plano Anual de Capacitação (PAC). O PAC reúne os eventos de capacitação priorizados pelas áreas técnicas do ICMBio a cada ano, conforme deliberado pelo Comitê Gestor de Capacitação (CGCAP) – constituído pelos Coordenadores Gerais.

Palavras-chave: Planejamento Estratégico para Resultados, excelência na gestão pública, plano anual de capacitação, educação corporativa, mapeamento de processo.


Ano de Publicação: 2018

Definição de Processos Estratégicos para o Núcleo de Gestão Integrada ICMBio São Mateus - TCC do curso PGR

RESUMO

Partindo do princípio que a adoção de processos estratégicos de gestão busca uma otimização dos recursos disponíveis para melhor atingir as metas previstas, no presente trabalho, o núcleo de gestão integrada ICMBio São Mateus composto pelas Reservas Biológicas do Córrego Grande e Córrego do Veado e a Floresta Nacional do Rio Preto, em parceria com o Centro Universitário Norte do Espírito Santo da Universidade Federal do Espírito Santo em São Mateus/ES, definiu processos estratégicos, visando desenvolver ações integradas de forma intra e interinstitucional através da adoção de escolhas estratégicas e procedimentos inovadores. Tais ações foram divididas em 03 (três) etapas: a aplicação junto aos membros da equipe de cada UC, do questionário IAGE para avaliação da gestão; a análise dos programas/processos de cada UC de acordo com o seu plano de manejo e a definição final dos 05 (cinco) processos considerados estratégicos: Pesquisa e Monitoramento da Biodiversidade; Proteção; Relações com o Entorno e Uso Público; Administração e Produção e Uso Sustentável de Recursos. Prevê-se como etapas futuras a escolha das atividades/ações prioritárias no âmbito de cada processo estratégico já definido e posteriormente o mapeamento estratégico de cada umas das ações.

Palavras chaves: Gestão Integrada, NGI São Mateus, Processos estratégicos

Ano de Publicação: 2018 - apr

MAPEAMENTO DO PROCESSO DE MANIFESTAÇÃO PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO NÚCLEO DE GESTÃO INTEGRADA ICMBio HUMAITÁ - TCC do curso PGR5

RESUMO

O presente trabalho apresenta o mapeamento do processo de manifestação para o licenciamento ambiental no NGI ICMBio Humaitá. Os resultados foram alcançados de forma participativa com o desenvolvimento de competências para análise e melhoria de processos objetivando aumentar a qualidade das entregas para o público. Foram realizadas entrevistas individuais e três reuniões com a equipe de trabalho. Os objetivos foram alcançados, visto que o processo de manifestação para o licenciamento ambiental foi mapeado e melhorado. Houve ampla participação dos servidores validando os resultados alcançados. 

Palavras chaves: mapeamento de processos, manifestação para o licenciamento, NGI ICMBio Humaitá.

Ano de Publicação: 2018

Modelagem, análise e recomendações de melhoria para os processos de Operação de Fiscalização e Manutenção, executados pelo Serviço de Proteção da Unidade Especial Avançada do ICMBio em Itaituba. - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de ação intervenção, realizada no Serviço de Proteção da Unidade Especial Avançada do ICMBio em Itaituba. Com o propósito de analisar e propor melhorias para os processos executados pela Unidade. Foi realizado uma análise que identificou os processos prioritários que são executados pelo Serviço, que posteriormente, por meio de metodologia de priorização definida (Matriz G.U.T.), priorizou-se dois dos processos mais críticos, chegando-se aos processos de Operação de Fiscalização e Manutenção. Esses processos passaram por uma modelagem que partiu da identificação do estado atual de cada um deles por meio da construção do mapa AS-IS seguido pela análise dos possíveis handoff que podem ser eliminados e os gargalos que podem ser superados. Para cada handoff e gargalo identificados foram propostas as recomendações para que se chegue a melhoria dos processos como um todo.

Palavras chaves: Gestão por processos, Business Process Management - BPM, Administração pública.

Ano de Publicação: 2018