Biblioteca


        
 
file:
title:
category:
description:
publication:
Nome do autor:
Sobrenome do autor:

Monitoramento Participativo da Coleta de Castanha-do-Pará nos castanhais do Vale do Rio Trombetas

Seminário de Boas Práticas. Objetivo: No vale do rio Trombetas concentram-se a população de castanheiras (Bertholletia excelsa), principalmente no interior da Rebio do Rio Trombetas, mas também no seu entorno envolvendo a Flona Saracá-Taquera, a Flota do Trombetas e territórios quilombolas, todos no Estado do Pará. Anterior à criação da Rebio do Rio Trombetas, já havia população em seu interior remanescente de quilombolas que usufruíam dos recursos disponíveis, incluindo a castanha-do-pará. Com respaldo no SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza), até que essas comunidades fossem reassentadas, as condições de permanência das populações tradicionais em Unidade de Conservação (UC) de Proteção Integral seriam regulamentadas por termo de compromisso. Desta forma, iniciou-se a construção das normas junto às comunidades a fim de regulamentar a coleta e o transporte de castanha-do-pará no interior da Rebio do Rio Trombetas, permitindo seu monitoramento e fiscalização.

Ano de Publicação: 2014

Monitoramento Participativo da Reprodução de Quelônios da Amazônia

Seminário Boas Práticas. Objetivo: Os principais objetivos do Projeto Monitoramento Participativo da Reprodução de Quelônios são os seguintes: Proteção e monitoramento das áreas de reprodução do tracajá (Podocnemis unifilis) e do pitiú (Podocnemis sextuberculata) localizadas no interior da Unidade; Envolvimento das comunidades  tradicionais quilombolas e instituições de pesquisa e fomento no trabalho de manejo para conservação das populações de quelônios;

Ano de Publicação: 2014

Projeto Quelônios de Caxiuanã

Seminário Boas Práticas. Objetivos:  Possibilitar a preservação das espécies de quelônios, com ênfase na família Podocnemidae (tartaruga da Amazônia) ocorrentes na UC, através de ações de educação ambiental e manejo de fauna em uma das sete prais de desova localizadas na Floresta Nacional de Caxiuanã; Elaborar e divulgar o calendário de desova e eclosão das espécies na região de Caxiuanã e a importância de preservação destas espécies junto às populações ribeirinhas e demais atores sociais da região de influencia da FLONA como forma de sensibilizar e estimular a prática de manejo participativo comunitário; Sinalizar e construir infraestrutura adequada para as atividades desenvolvidas nos locais de postura; Desenvolver e divulgar técnicas instrumentos para o manejo da fauna silvestre; Possibilitar o incremento no número de espécimes manejadas, especialmente da Podocnemis expansa na região.

Ano de Publicação: 2016

O incentivo a pesquisa científica como estratégia de implementação da Floresta Nacional de Tapajós

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Aumentar o número de atividades científicas e didáticas, registradas no SISBio, na Floresta Nacional do Tapajós.

Ano de Publicação: 2016

Refaunação no Parque Nacional da Tijuca: Reintrodução de Fauna e restabelecimento de interações ecológicas em uma floresta em recuperação

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Estabelecer populações viáveis a longo prazo de espécies animais prioritárias que estejam localmente extintas; Reestabelecer interações ecológicas importantes para a manutenção das funções ecossistêmicas do Parque Nacional da Tijuca a longo prazo; Testar e desenvolver métodos e estratégias de reintrodução de animais para utilização em larga escala na Mata Atlântica. 

Ano de Publicação: 2016

Participação Social na gestão dos recursos pesqueiros: 10 anos de ordenamento da pesca do tucunaré Cichla spp. (Perciformes: Cichlidae) no reservatório da hidrelétrica de Balbina, Amazonas, Brasil. Reserva Biológica Uatumã

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Conduzir de forma participativa o ordenamento da pesca no reservatório da UHE Balbina, como estratégia de conservação e uso sustentável dos recursos pesqueiros, através do monitoramento da biodiversidade.

Ano de Publicação: 2016

Participação Social na gestão dos recursos pesqueiros: 10 anos de ordenamento da pesca do tucunaré Cichla spp. (Perciformes: Cichlidae) no reservatório da hidrelétrica de Balbina, Amazonas, Brasil. Reserva Biológica Uatumã

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Conduzir de forma participativa o ordenamento da pesca no reservatório da UHE Balbina, como estratégia de conservação e uso sustentável dos recursos pesqueiros, através do monitoramento da biodiversidade.

Ano de Publicação: 2016

Monitoramento e Avaliação do Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista do Batoque

Seminário de Boas Práticas. Objetivos: Avaliar efetividade do Conselho Deliberativo; Propor e implementar ações contínuas de melhoria; Fornecer subsídios para o processo de renovação do Conselho; Favorecer o amadurecimento e aprendizado contínuo dos conselheiros no decorrer do seu funcionamento; Promover o registro das práticas de monitoramento e avaliação através de um relatório bianual (referente ao mandato).

Ano de Publicação: 2016

Monitoramento Ambiental Comunitário. Reserva Extrativista de Cassurubá

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Tornar mais eficazes e eficientes as ações de proteção ambiental; Empoderar os comunitários e fortalecer a sensação de pertencimento territorial das populações tradicionais locais; Proteger o ciclo reprodutivo das espécies protegidas pela Resex de Cassurubá.

Ano de Publicação: 2016

Pesquisa Participativa da pesca de emalhe nas águas territoriais da Reserva Extrativista Marinha do Pirajubaé

Seminário de Boas Práticas. Objetivos: Avaliar comparativamente a produtividade da pesca artesanal de Parati e a fauna acompanhante no sistema de cai-cai, utilizando malha 6 e malha 7, dentro dos limites da Resex do Pirajubaé.

Ano de Publicação: 2016