Biblioteca


        
 
file:
title:
category:
description:
publication:
Nome do autor:
Sobrenome do autor:

Jovens Protagonistas - 3 anos de realização coletiva

Seminário Boas Práticas. Objetivo: O projeto Jovens Protagonistas tem por objetivo principal diagnosticar e fomentar o surgimento de novas lideranças em Unidades de Conservação e seus entornos, promovendo o fortalecimento comunitário e buscando multiplicar conhecimentos ligados à conservação, monitoramento da biodiversidade e educação ambiental, fortalecendo a Gestão Participativa das áreas envolvidas e instrumentalizando os jovens para o exercício da organização social e gestão comunitária. O projeto é baseado no tripé da educação lúdica, transdisciplinaridade e estimulo ao protagonismo juvenil, com o desenvolvimento de processos educativos construídos coletivamente, aproximando jovens beneficiários das UCs e estimulando a sua participação na conservação ambiental e implementação dessas áreas...

Ano de Publicação: 2014

Acordos para conservação da Reserva Biológica do Lago Piratuba

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Estabelecer normas e diretrizes para a utilização sustentável dos recursos naturais até a pactuação de uma proposta de consolidação territorial das áreas utilizadas pelas populações tradicionais; Buscar alternativas produtivas apropriadas para minimização dos impactos negativos causados pelas atividades desenvolvidas pela população residente; Minimizar conflitos entre os interesses do ICMBio, como órgão gestor, e a população residente que ainda não teve a situação fundiária resolvida; e Assegurar que os objetivos de criação da reserva biológica sejam efetivamente cumpridos com a regulamentação do uso provisório de parte dos recursos naturais pelas famílias cadastradas pelo órgão gestor.

Ano de Publicação: 2014

Criação de uma rede e protocolo de encalhes para o atendimento a mamíferos marinhos dentro da APA da Baleia Franca

Seminário Boas Práticas. Objetivo: Envolvimento da sociedade para compreensão do papel de cada um na prestação de assistência aos mamíferos marinhos encalhados na Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, estabelecendo diretrizes entre as instituições para o desenvolvimento de ações coordenadas na contingência aos encalhes. Como objetivos específicos temos: prestar assistência aos animais vivos que encalharam, promover o monitoramento dos animais liberados do encalhe, colaborar para evitar os riscos à saúde pública decorrentes da exposição a estes eventos, promover pesquisas relacionadas aos eventos de encalhe, promover investigação sobre a causa de encalhes, orientar quanto à destinação adequada das carcaças e estabelecer um plano de comunicação antes, durante e depois do encalhe.

Ano de Publicação: 2014

Aproveitamento de galhos - Resíduo Florestal - como estratégia de geração de emprego e renda na Flona de Tapajós

Seminário Boas Práticas. Objetivos: Aumentar a renda familiar – e per capita – de moradores tradicionais da Floresta Nacional do Tapajós, e aumentar o número de postos de trabalho na COOMFLONA; Aumentar a eficiência do uso do recurso madeireiro na Floresta Nacional do Tapajós, e diversificar a cadeia produtiva da madeira na COOMFLONA – reativar movelarias; Melhorar os índices de Proteção da Floresta Nacional do Tapajós – substituição de atividades de subsistência não sustentáveis para atividades sustentáveis.

Ano de Publicação: 2014

Projeto de Manejo de Crocodilianos da Resex do Lago do Cuniã - Porto Velho/RO

Seminário de Boas Práticas. Objetivo: O projeto de manejo de jacarés na Resex do Lago do Cuniã tem como meta consolidar da bioindústria dos jacarés como alternativa de produção na reserva, a partir da implantação de um conjunto de iniciativas integradas. Neste sentido, tem sido dado prosseguimento ao programa de pesquisa e desenvolvimento (P&D), onde o manejo comercial de jacarés e as atividades de gestão, monitoramento e pesquisa são conduzidos de forma integrada, garantindo as bases para a sustentabilidade das cadeias produtivas da carne e de peles. Dentre as diferentes linhas de trabalho destacam-se a continuidade na organização e na capacitação dos comunitários jacarezeiros para aplicação das técnicas de produção e em gestão de negócios comunitários, o monitoramento das populações naturais de jacarés e suas relações com as condições ambientais, o credenciamento do frigorífico de beneficiamento de jacarés junto ao Serviço de Inspeção Sanitária, o licenciamento da atividade de manejo junto às instituições competentes, o desenvolvimento de pesquisas, em especial o projeto de certificação genética da produção e os estudos sobre a biologia populacional dos jacarés, além de atividades complementares nos âmbitos biológico e socioeconômico necessárias à prática do bom manejo de jacarés na Resex do Lago do Cuniã.

Ano de Publicação: 2014

Geração de Renda e Valorização Social

Seminário Boas Práticas. Objetivo: Realização de diagnóstico e oficinas de manejo do açaí, com entrega de kit de EPI, oficinas de organização social- associativismo e cooperativismo, gênero, biojóias e artesanato, produção de cosméticos e repelente a base de óleo de andiroba e oficinas caboclas- visando a sensibilização e capacitação dos beneficiários da RESEX, a geração de renda, a maior participação social nos processos de gestão e maior interação com os demais atores envolvidos na região do Marajó.

Ano de Publicação: 2014

RESEXs Marinhas do Pará: Tecnologia e inovação social na sustentabilidade do caranguejo-uçá

Seminário Boas Práticas. Objetivo: Desenvolver e aprimorar a nova técnica de acondicionamento no transporte do Caranguejo Uçá do Ucides cordatus, (Linnaeus,1763), no uso de basquetas, em conformidade coma a Instrução normativa Nº 09 -MPA e difundir esta tecnologia para o grupo de pescadores de caranguejo das RESEXs Marinhas do Pará, visando a sustentabilidade na exploração deste recurso pesqueiro.

Ano de Publicação: 2014

Licenciamento de Roçados, Produção Familiar e Conservação

Seminário Boas Práticas. Objetivo: A Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns é uma das Unidades de Conservação mais habitadas da Amazônia brasileira, em seu interior residem 4.583 (quatro mil quinhentas e oitenta e três) famílias beneficiarias, aproximadamente 23 mil moradores, divididos em 74 comunidades. As atividades produtivas são pautadas no extrativismo e na agricultura familiar de subsistência, e segundo o acordo de gestão desta RESEX, cada família poderá suprimir ate 2 ha de vegetação nativa por ano, autorizadas pelo órgão gestor. A pratica apresentada por este trabalho, tem como principal objetivo estabelecer processo formal de licenciamento/autorização para supressão de vegetação que se enquadre nas realidades de gestão das RESEX`s na Amazônia, alem de trazer a luz da gestão da Unidade informações importantíssimas sobre numero de solicitações de supressão de vegetação, total de áreas suprimidas por ano, espacialização das áreas suprimidas, e etc.

Ano de Publicação: 2014

Monitoramento Participativo da Coleta de Castanha-do-Pará nos castanhais do Vale do Rio Trombetas

Seminário de Boas Práticas. Objetivo: No vale do rio Trombetas concentram-se a população de castanheiras (Bertholletia excelsa), principalmente no interior da Rebio do Rio Trombetas, mas também no seu entorno envolvendo a Flona Saracá-Taquera, a Flota do Trombetas e territórios quilombolas, todos no Estado do Pará. Anterior à criação da Rebio do Rio Trombetas, já havia população em seu interior remanescente de quilombolas que usufruíam dos recursos disponíveis, incluindo a castanha-do-pará. Com respaldo no SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza), até que essas comunidades fossem reassentadas, as condições de permanência das populações tradicionais em Unidade de Conservação (UC) de Proteção Integral seriam regulamentadas por termo de compromisso. Desta forma, iniciou-se a construção das normas junto às comunidades a fim de regulamentar a coleta e o transporte de castanha-do-pará no interior da Rebio do Rio Trombetas, permitindo seu monitoramento e fiscalização.

Ano de Publicação: 2014

Monitoramento Participativo da Reprodução de Quelônios da Amazônia

Seminário Boas Práticas. Objetivo: Os principais objetivos do Projeto Monitoramento Participativo da Reprodução de Quelônios são os seguintes: Proteção e monitoramento das áreas de reprodução do tracajá (Podocnemis unifilis) e do pitiú (Podocnemis sextuberculata) localizadas no interior da Unidade; Envolvimento das comunidades  tradicionais quilombolas e instituições de pesquisa e fomento no trabalho de manejo para conservação das populações de quelônios;

Ano de Publicação: 2014