Biblioteca

Biodiversidade e mudanças climáticas: contexto evolutivo, histórico e político

Descrição

A região Neotropical teve uma evolução singular ao longo de sua formação. Praticamente, do Cretáceo ao final do Terciário, a região ficou completamente isolada por dezenas de milhões de anos, sendo substancialmente transformada com a elevação dos Andes, que se iniciou a cerca de 23 milhões de anos. A elevação dos Andes teve também como conseqüência uma mudança no padrão de deposição de sedimentos marinhos na interface entre os oceanos Atlântico e Pacífico, que resultou na formação da América Central a cerca de 3 milhões de anos. Com o estabelecimento de uma conexão terrestre entre a Região Neotropical e a Região Neártica, ocorreu uma alteração significativa da fauna neotropical, especialmente de grupos mais recentes como os mamíferos (BURNHAM; GRAHAM, 1999). Finalmente, as flutuações climáticas do Quaternário (AB’ SABER 1977, BUSH; OLIVEIRA, 2006), quando ao longo de milhares de anos ocorreram alternâncias entre períodos mais frios e secos e períodos mais quentes e úmidos, deram à região Neotropical as características encontradas pelos homens que aqui chegaram há 15.000 ou 40.000 anos (SANTOS et al., 2003). A expansão e/ou retração de biomas, nos períodos glaciais e interglaciais do Quaternário, resultaram em novas oportunidades de especiação. O processo lento e gradual de formação da região está, intrinsecamente, relacionado com os elevadíssimos índices de diversidade de espécies hoje encontrados em países como Brasil, Colômbia Peru e Equador, considerados como megadiversos. No passado geológico o aquecimento e o resfriamento do planeta se deram de forma gradativa no decorrer de milhares de anos, dando tempo para que ao longo de centenas de gerações de plantas e animais os mecanismos do processo evolutivo atuassem. O homem, entretanto, modificou completamente este cenário.

Categoria
PESQUISA AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DA BIODIVERSIDADE
Tipo de publicação
Publicações periódicas (revistas, jornais, boletins)
Autores

Carlos Alfredo Joly

Local da publicação
Campinas - SP - http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/34154
Nº da edição ou volume
Ambiente & Sociedade ■ Campinas v. X, n. 1 ■ p. 169-172 ■ jan.-jun. 2007
Ano de Publicação
2007
Editora
UNICAMP