Biblioteca


        
 
Título
Categoria Tipo de publicação
Descrição Autores


Avaliação do Processo de Autorização de Veículos de Transporte Turístico e de Passageiros no Parque Nacional de Jericoacoara - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna para a revisão da Portaria 08/2016, que regulamenta o serviço de transporte turístico e de passageiros no Parque Nacional de Jericoacoara. Foi realizada avaliação da implementação da Portaria entre os anos de 2016 e 2018. A partir de discussão com os operadores do serviço e entre a equipe da unidade foram propostas revisões na norma. 

Palavras chaves: Uso público, modelagem de processo, gestão participativa, recursos de uso comum.

4

Ano de Publicação: 2018

Mapeamento do processo ‘Execução dos Eventos do Plano Anual de Capacitação’ do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - TCC do curso PGR5

RESUMO

FREITAS, Isis F. Mapeamento do processo ‘Execução dos Eventos do Plano Anual de Capacitação’ do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Iperó: Centro de Formação em Conservação da Biodiversidade – ACADEBio/ICMBio, 2018. 27p. Trabalho Aplicativo Final do Ciclo de Gestão para Resultados.

Este Trabalho Aplicativo Final (TAF) apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna realizada no Serviço de Gestão da Educação e do Conhecimento (SEGEDU), a qual realizou o mapeamento do processo ‘Execução dos eventos do Plano Anual de Capacitação (PAC)’ do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). O mapeamento desse processo contribuiu para melhorar a compreensão das equipes e instâncias envolvidas na execução dos eventos de capacitação da educação corporativa do ICMBio realizados pelas diferentes áreas técnicas do ICMBio. No SEGEDU está a equipe do Centro de Formação em Conservação da Biodiversidade (ACADEBio) responsável pelo apoio pedagógico e pelo acompanhamento dos eventos de capacitação promovidos pela Educação Corporativa do ICMBio, em parceria com as diferentes áreas técnicas, a cada ano – o Plano Anual de Capacitação (PAC). O PAC reúne os eventos de capacitação priorizados pelas áreas técnicas do ICMBio a cada ano, conforme deliberado pelo Comitê Gestor de Capacitação (CGCAP) – constituído pelos Coordenadores Gerais.

Palavras-chave: Planejamento Estratégico para Resultados, excelência na gestão pública, plano anual de capacitação, educação corporativa, mapeamento de processo.


Ano de Publicação: 2018

MAPEAMENTO DA INSTRUÇÃO DOCUMENTAL DE PROCESSOS DE DESAPROPRIAÇÃO ADMINISTRATIVA E INDENIZAÇÃO DE BENFEITORIAS NO PARQUE NACIONAL GRANDE SERTÃO VEREDAS - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna para o mapeamento da atividade de instrução de processos de desapropriação administrativa e indenização de benfeitorias no Parque Nacional Grande Sertão Veredas, contribuindo com a gestão da unidade de conservação no que tange à futura ordenação e gerenciamento documental dos processos de regularização fundiária, possibilitando assim otimizar o procedimento e torná-lo cognoscível. Foram realizadas entrevistas com alguns dos atores envolvidos no desenvolvimento da atividade e com servidores lotados em outras unidades de conservação, o que proprocionou grandes reflexões acerca do assunto e permitiu obter uma visão geral das dificuldades encontradas no desempenho das tarefas que compõe a instrução de processos. Foi feito o mapeamento da instrução documental de processo de regularização fundiária no âmbito do PNGSV, medida que permitiu o alcance do objetivo proposto neste trabalho.

Palavras chaves: mapeamento, regularização fundiária, desapropriação administrativa,

indenização de benfeitorias, instrução, Parque Nacional Grande Sertão Veredas

Ano de Publicação: 2018

Definição de Processos Estratégicos para o Núcleo de Gestão Integrada ICMBio São Mateus - TCC do curso PGR

RESUMO

Partindo do princípio que a adoção de processos estratégicos de gestão busca uma otimização dos recursos disponíveis para melhor atingir as metas previstas, no presente trabalho, o núcleo de gestão integrada ICMBio São Mateus composto pelas Reservas Biológicas do Córrego Grande e Córrego do Veado e a Floresta Nacional do Rio Preto, em parceria com o Centro Universitário Norte do Espírito Santo da Universidade Federal do Espírito Santo em São Mateus/ES, definiu processos estratégicos, visando desenvolver ações integradas de forma intra e interinstitucional através da adoção de escolhas estratégicas e procedimentos inovadores. Tais ações foram divididas em 03 (três) etapas: a aplicação junto aos membros da equipe de cada UC, do questionário IAGE para avaliação da gestão; a análise dos programas/processos de cada UC de acordo com o seu plano de manejo e a definição final dos 05 (cinco) processos considerados estratégicos: Pesquisa e Monitoramento da Biodiversidade; Proteção; Relações com o Entorno e Uso Público; Administração e Produção e Uso Sustentável de Recursos. Prevê-se como etapas futuras a escolha das atividades/ações prioritárias no âmbito de cada processo estratégico já definido e posteriormente o mapeamento estratégico de cada umas das ações.

Palavras chaves: Gestão Integrada, NGI São Mateus, Processos estratégicos

Ano de Publicação: 2018 - apr

MAPEAMENTO DO PROCESSO DE MANIFESTAÇÃO PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO NÚCLEO DE GESTÃO INTEGRADA ICMBio HUMAITÁ - TCC do curso PGR5

RESUMO

O presente trabalho apresenta o mapeamento do processo de manifestação para o licenciamento ambiental no NGI ICMBio Humaitá. Os resultados foram alcançados de forma participativa com o desenvolvimento de competências para análise e melhoria de processos objetivando aumentar a qualidade das entregas para o público. Foram realizadas entrevistas individuais e três reuniões com a equipe de trabalho. Os objetivos foram alcançados, visto que o processo de manifestação para o licenciamento ambiental foi mapeado e melhorado. Houve ampla participação dos servidores validando os resultados alcançados. 

Palavras chaves: mapeamento de processos, manifestação para o licenciamento, NGI ICMBio Humaitá.

Ano de Publicação: 2018

Modelagem, análise e recomendações de melhoria para os processos de Operação de Fiscalização e Manutenção, executados pelo Serviço de Proteção da Unidade Especial Avançada do ICMBio em Itaituba. - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de ação intervenção, realizada no Serviço de Proteção da Unidade Especial Avançada do ICMBio em Itaituba. Com o propósito de analisar e propor melhorias para os processos executados pela Unidade. Foi realizado uma análise que identificou os processos prioritários que são executados pelo Serviço, que posteriormente, por meio de metodologia de priorização definida (Matriz G.U.T.), priorizou-se dois dos processos mais críticos, chegando-se aos processos de Operação de Fiscalização e Manutenção. Esses processos passaram por uma modelagem que partiu da identificação do estado atual de cada um deles por meio da construção do mapa AS-IS seguido pela análise dos possíveis handoff que podem ser eliminados e os gargalos que podem ser superados. Para cada handoff e gargalo identificados foram propostas as recomendações para que se chegue a melhoria dos processos como um todo.

Palavras chaves: Gestão por processos, Business Process Management - BPM, Administração pública.

Ano de Publicação: 2018

Avaliação da efetividade da participação social no Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista Marinha do Pirajubaé - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados do esforço de avaliação da efetividade da participação social do Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista Marinha do Pirajubaé por meio da análise de dados primários, elaboração de diagnóstico e construção e aplicação de indicadores. Na primeira parte do trabalho foi realizada a organização dos dados dos encaminhamentos e itens de pauta do conselho gestor da unidade de conservação e seus grupos de trabalho no período de setembro de 2016 a setembro de 2018. A análise dessas informações possibilitou a elaboração de um diagnóstico dos resultados e impactos das ações e atividades do colegiado, tanto para a gestão da unidade de conservação, como para a população tradicional afetada, para a atuação política e a própria gestão do colegiado no período analisado. Na segunda parte do trabalho foram analisados os princípios indicados pela IUCN (International Union for Conservation of Nature) para avaliação da governança em áreas protegidas e selecionadas propostas de indicadores que atualmente estão sendo trabalhadas pelo Instituto Chico Mendes por meio de consultoria contratada. A partir dessa análise foram desenvolvidos seis indicadores de efetividade de participação social na gestão das unidades de conservação. A aplicação dos indicadores com os dados do conselho gestor da Resex do Pirajubaé é apresentada na última parte do trabalho. O resultado final é a avaliação da efetividade do colegiado em cada um dos princípios, indicando temas e ações que demandam maior esforço de gestão.

Palavras-chaves: Conselhos Gestores; Participação Social; Indicadores de efetividade; Resex do Pirajubaé; Gestão de Unidades de Conservação.


Ano de Publicação: 2018

Planejamento Estratégico da Estação Ecológica de Cuniã: diretrizes e mapa estratégico - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados do desenvolvimento de planejamento estratégico realizado na Estação Ecológica de Cuniã, Unidade de Conservação (UC) federal situada nos municípios de Porto Velho (RO) e Canutama (AM). O objetivo do presente trabalho foi elaborar as diretrizes, e os objetivos estratégicos, contribuindo para a gestão da UC. Para isso, a partir da análise documental, reunião para apresentação da proposta e oficina de trabalho, deu-se elaboraçãodas diretrizes estratégicas da ESEC Cuniã (missão, visão de futuro) e o mapa estratégico contribuindo com sentido e direção para o alcance dos objetivos da UC. Foi utilizada a metodologia de Balanced Scorecard - BSC, para o intervalo temporal de três anos. A missão de futuro construída afirma a importância da conservação da biodiversidade representada nas diferentes paisagens e bancos genéticos associados, objeto de especial preservação. Sendo referência em ações de pesquisa e educação ambiental no interflúvio Purus-Madeira, assim minimizando as pressões no seu interior e entorno. E apresenta como visão ser reconhecida como relevante na conservação da biodiversidade local, em função das atividades de pesquisa, educação ambiental e oferta dos serviços ecossistêmicos prestados aos seus atores sociais. O Mapa estratégico construído contém 22 objetivos estratégicos, distribuídos homogeneamente em quatro perspectivas (Sociedade e Ambiente, Beneficiários, Processos, Aprendizado e Crescimento). Como subsídio para a elaboração do planejamento, foi realizado uma análise de ambiência e os alvos de conservação descritos no seu plano de manejo. A análise de ambiência realizada proporcionou uma grande contribuição da equipe e compreender de maneira mais clara o contexto em que a ESEC está inserida no cenário atual, assim como um envolvimento e um comprometimento com as ações da sua gestão. O trabalho proposto nas oficinas gerou reflexões e discussões a respeito de quem é de fato o beneficiário da Unidade, e o que ele espera de seus gestores e quais produtos retribuímos a sociedade. A realização do planejamento estratégico da ESEC Cuniã além da sua representação e estruturação reforçou a importância do planejamento para a execução das estratégias de gestão da UC visando o objetivo principal que é a sua conservação e o seu reconhecimento na região.

Palavras chaves: Planejamento Estratégico, Estação Ecológica de Cuniã, Gestão

Ano de Publicação: 2018 - apr

FLUXOS E PROCEDIMENTOS PARA A FORMALIZAÇÃO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO NO ÂMBITO DO ICMBIO - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados de uma atuação prática de facilitação interna para o desenvolvimento de fluxos e procedimentos para formalização de Acordos de Cooperação no âmbito do ICMBio. A atuação contribuiu para trazer clareza ao Instituto acerca da nova legislação afeta a Acordos de Cooperação ao propor fluxos e procedimentos pautados pela legislação. O trabalho envolveu as quatro Diretorias do ICMBio assim como a Presidência e Procuradoria Federal Especializada gerando protocolos e cartilhas orientativas.

Palavras chaves: parcerias, acordo de cooperação

Ano de Publicação: 2018

Análise preliminar de risco aplicada ao Plano de Fiscalização Simplificado - TCC do curso PGR5

RESUMO

Este trabalho buscou desenvolver ações administrativas voltadas para aplicação de forma conceitual da técnica de Análise Preliminar de Risco – APR no conjunto de atividades que compõem as estratégias de proteção de unidades de conservação federais, incorporando o modelo ao instrumento de gestão Plano de Fiscalização Simplificado – PFIS, como forma de redução de incertezas, ampliação de eficiência, eficácia e efetividade de ações de proteção, redução de recursos despendidos e a excelência na efetiva implementação do modelo de gestão pada resultados na temática. Foi realizada a revisão bibliográfica e o estudo das técnicas de identificação de risco e análise preliminar de riscos, resultando na incorporação da oportunidade de avaliação de cada uma das atividades de proteção quanto a sua probabilidade de sucesso e/ou a tolerância institucional para determinar o grau de risco assumido para atingimento do resultado esperado. Apesar do escopo do trabalho ficar restrito a análise preliminar de risco, com foco na identificação e classificação inicial de riscos associados, ficou claro a contribuição de adotar tanto este procedimento e ferramentas quanto a Gestão do Risco para as mais diversas atividades inerentes a atribuição do Instituto, o que proporcionará ganhos significativos na busca da excelência na gestão por resultados.

Palavras chaves: Análise de risco, fiscalização ambiental, Plano de fiscalização Simplificado

Ano de Publicação: 2018